Cimento obturador endodôntico

Com 13% de MTA em sua composição, possui elevadíssimos efeitos antimicrobianos e de indução de reparo biológico devido à liberação de íons cálcio.

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Maio de 2015 Edição do Mês

Por Vanessa Navarro


O MTA Fillapex é o primeiro cimento obturador endodôntico à base de MTA no sistema pasta x pasta. Com 13% de MTA em sua composição, possui elevadíssimos efeitos antimicrobianos e de indução de reparo biológico devido à liberação de íons cálcio.


 

Sua ação benéfica para os tecidos é garantida e, um dos motivos disso, é a resina utilizada na sua composição, o dissalicilato, que é biologicamente compatível.

O MTA Fillapex apresenta uma expansão de presa que veda completamente a cavidade onde está inserido, garantido um excelente selamento e um perfeito vedamento apical. Isto acontece porque o hidróxido de cálcio, comum em outros cimentos, é altamente solúvel. Além disso, o produto apresenta uma delgada espessura de película que possibilita seu escoamento para todas as regiões, obturando inclusive canais colaterais.

A radiopacidade superior do MTA Fillapex deve-se à presença do óxido de bismuto, um radiopacificador que não inibe a liberação de íons cálcio para os tecidos.

Com tempo de trabalho de 35 minutos, o MTA Fillapex permite uma execução de procedimentos bastante tranquila pelos endodontistas e clínicos gerais. Sua presa é iniciada em 35 minutos e só ocorre no interior do conduto, com a umidade proveniente dos canalículos dentinários e tecidos periapicais, endurecendo completamente após 2 horas e meia.

O MTA Fillapex é de fácil e completa remoção em casos de retratamento ou de remoção parcial para a inserção de pinos.

www.angelus.ind.br

Notícias Relacionadas