Saúde bucal pública

Conselho Federal de Odontologia premia municípios que investiram bem em saúde bucal pública.

Compartilhe

Receba nossa newsletter
Março de 2015 Edição do Mês

Por Vanessa Navarro


Conselho Federal de Odontologia premia municípios que investiram bem em saúde bucal pública.


Brazilian group

Tendo em vista os problemas e desigualdades regionais no âmbito da saúde bucal no país, o Conselho Federal de Odontologia (CFO) incentiva e valoriza, por meio do "Prêmio Brasil Sorridente", as prefeituras municipais que mais investiram em saúde bucal pública no Brasil. Além disso, o CFO premia, através da "Medalha de Honra ao Mérito Odontológico", personalidades que contribuíram com a excelência no trabalho exercido em prol de melhorias na qualidade do atendimento da saúde bucal pública.

Neste ano de 2013, a solenidade de entrega do Prêmio e das Medalhas será realizada, no dia 24/04 - quarta-feira, pela primeira vez em Brasília, no Memorial JK. Em reconhecimento aos projetos inovadores e para a valorização do trabalho do Cirurgião-Dentista nas equipes de saúde, o Conselho Federal de Odontologia premiará: na categoria de municípios com até 50.000 habitantes, o município de Porto Real, no Rio de Janeiro; na categoria de municípios com população entre 50.001 a 300.00 habitantes, Resende no Rio de Janeiro; e na categoria de municípios com população a partir de 300.001 habitantes, será premiada a cidade de São Bernardo do Campo, no interior de São Paulo.

Dividida em três categorias, a Medalha de Honra ao Mérito Odontológico será entregue: Na categoria A - Contribuição profissional nos campos da ciência -, foram escolhidos três profissionais: Maria Fulgência Costa Lima Bandeira (CRO-AM), Rosana Mara Giordano de Barros (CRO-MS) e Marco Aurélio Blaz Vasques (CRO-RO). Na categoria B - Contribuição honorífica no plano do desempenho social e político -, foram nomeados dois profissionais: Rozangela Fernandes Camapum (CRO-DF) e Joaquim Guilherme Vilanova Cerveira (CRO-RS). E, na categoria C - Contribuição benemérita -, foi escolhido um profissional, Deputado Federal Geraldo Thadeu Pedreira dos Santos (CRO-MG).

Apesar dos investimentos aplicados na saúde bucal brasileira, a Organização Mundial da Saúde (OMS), aponta que no último ano, a parcela do orçamento federal destinada à saúde pública no Brasil foi em torno de 8,7%, o que representa uma baixa estatística, considerando que cerca de 80% da sociedade brasileira utiliza o Sistema Único de Saúde - SUS, o que inclui a saúde bucal. Além disso, 63,3% dos municípios não possuem Cirurgiões-Dentistas especializados para atender a população. Destes, 55,9% concentrados na região sudeste do Brasil, aponta a pesquisa realizada pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) em parceria com Conselho Federal de Odontologia.

Segundo o presidente do Conselho Federal de Odontologia, Dr. Ailton Morilhas: "É preciso reconhecer o trabalho de excelência destinado à saúde bucal brasileira, como atividades educativas, procedimentos de prevenção contra a cárie, aplicação de flúor, tratamento curativo, escovação supervisionada, entre outros procedimentos que qualificam o atendimento da nossa saúde bucal pública".

O Prêmio Brasil sorridente foi instituído em 2005 pelo Conselho Federal de Odontologia, em parceria com os Conselhos Regionais de Odontologia e o Ministério da Saúde. Já a Medalha de Honra ao Mérito Odontológico está em sua 17ª edição.

 

Fonte: CFO

Notícias Relacionadas